Perguntas e Respostas

Sexta-Feira, 07 de Outubro de 2011, 02h:00 | Atualizado:

Confira algumas perguntas e respostas para você entender melhor o que é o câncer de mama e qual a melhor forma de vencê-lo.

O QUE É CÂNCER DE MAMA?
É o resultado do crescimento descontrolado de algumas células de nosso corpo, que começam a se multiplicar sem parar e formam o tumor maligno. Se a doença demora para ser descoberta e tratada, esse tumor cresce cada vez mais e pode levar a pessoa à morte.

APARECE SÓ EM MULHERES MAIS VELHAS?
Não. Ele atinge principalmente mulheres acima dos 40 anos, mas também pode aparecer nas mais jovens. As mulheres entre 50 e 60 anos são as mais atingidas.

POR QUE APARECE?
Não há motivo determinado, mas alguns fatores contribuem para as chances da doença aumentarem. Para começar, o fato de ser mulher. Depois, outros fatores, como a filha, mãe ou irmã ter aprensentado câncer de mama antes dos 50 anos, ou em qualquer idade, câncer nas duas mamas ou de ovário. Fale com seu médico sobre os fatores de risco.

SE UMA MULHER NA FAMÍLIA TEVE A DOENÇA, TODAS TERÃO?
As chances são maiores, por isso o cuidade deve ser redobrado. Especialmente se for irmã ou mãe e a doença tiver aparecido antes dos 50 anos. Mas não quer dizer que basta isso para se ter câncer de mama. Aliás, a maioria dos casos é de mulheres que nunca souberam de câncer na família.

TEM CURA?
Sim, mas fica mais difícil quanto mais demora o diagnóstico e o início do tratamento. No caso do câncer de mama, a chance de cura é de 95%, se a doença for descoberta no início.

COMO SE DESCOBRE NO INÍCIO?
Principalmente com a mamografia, que consegue descobrir tumores mesmo quando ainda são muito pequenos. É um exame no qual a mulher coloca a mama entre duas placas para fazer um raio X.

A MAMOGRAFIA DÓI MUITO?
Pode causar algum incômodo em mulheres com maior sensibilidade, mas não é nada insuportável. Para que a dor diminua ou nem exista, o melhor é fazer o exame uma semana depois da menstruação.

TODA MULHER TEM QUE FAZER?
Sim, a partir dos 40 anos realizar a mamografia uma vez ao ano, independente se faz ou não terapia hormonal. Abaixo desta idade seguir orientação médica.

QUAIS OS SINAIS DA DOENÇA?
Osinal externo que mais aparece é o caroço nas mamas ou nas axilas. Além disso, a pele e o formato das mamas pode mudar e o bico começar a soltar uma secreção. Geralmente é indolor e de rápido crescimento.

COM ESSES SINAIS, É CERTO QUE A DOENÇA EXISTA?
Não. Em cerca de 80% dos casos, os caroços (chamados de nódulos) são benignos. Mulheres jovens muitas vezes apresentam vários nódulos nas mamas que podem ser percebidos em alguns momentos do ciclo menstrual. É preciso sempre consultar o médico.

DÁ PARA EVITAR?
No Brasil estima-se que 01 em cada grupo de 12 a 15 mulheres poderão manifestar câncer de mama ao longo da vida. Nos EUA se aceita 01 para cada 10.

O QUE AUMENTA AS CHANCES DE TER A DOENÇA?
Não podemos afirmar que os antecedentes hormonais como idade da menarca e menopausa, número de gestações ou nuliparidade aumentam os riscos. Existe muita controvérsia e as informações podem gerar dúvidas e preocupações excessivas como a cancerofobia em mulheres que não puderam ou quiseram gerar filhos. Efetivamente a herança genética de algumas mutações (BRCA 1 e 2) aumentam muito o risco da doença, a ponto de se propor cirurgia profilática. Existem critérios para se propor este estudo genético. Basicamente mulheres com antecedentes para câncer de mama ou ovário em parentes de primeiro grau (mãe ou irmã). Ressaltar que a amamentação não diminui o risco de câncer de mama. Importante lembrar que o câncer é uma doença multifatorial, isto é, não basta apenas uma condição para que a doença se manifeste. A ciência ainda não descobriu o que realmente leva as modificações nas células e porquê.

O QUE AS MULHERES COM MAIS RISCOS DEVEM FAZER?
Devem consultar o médico regularmente e fazer exames mais precisos, como a mamografia, antes mesmo de chegar aos 40 anos.

O MÉDICO PRECISA APALPAR AS MAMAS DA PACIENTE DURANTE A CONSULTA?
Sim, ele faz isso durante o exame clínico das mamas, que é muito importante para saber se está tudo bem. Este exame é anual e todas as mulheres, seja qual for a idade, devem fazer.

E SE O MÉDICO NUNCA FAZ ESSE EXAME?
Peça a ele, é um direito seu - seja na rede particular ou no Sistema Único de Saúde (SUS). Peça ainda, para ele lhe dar orientações sobre como fazer o auto-exame. Não admita recusas!

O AUTO-EXAME DESCOBRE A DOENÇA NO INÍCIO?
Não, pois se a mulher consegue encontrar o tumor quando apalpa as mamas geralmente é sinal de que ele já não está em fase tão inicial. Este exame é maravilhoso para você conhecer seu corpo ou até encontrar outras alterações importantes em sua mama. Mas não deixe que ele seja a única forma de você descobrir um câncer. Consulte o seu médico anualmente. Faça a mamografia. Proteja-se.

ENVIE ESTA MATÉRIA

Comentários

Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTE ESTA MATÉRIA

Leia Mais

INÍCIO
ANTERIOR
1 de 1
PRÓXIMA
ÚLTIMA