Minha esposa teve câncer de mama

Quinta-Feira, 03 de Julho de 2014, 10h:37 | Atualizado:

Aprendi muito com essa experiência, sobre tudo que às vezes a vida nos ensina como um vento que nos arrasta de um lado para outro e no trajeto nos deixa algumas feridas; mas no decorrer do tempo cicatriza e retemos apenas o que é bom.

O que aprendemos com a dor nos faz ser melhores; melhor companheiro, melhor amigo e melhor sobrevivente!

As coisas acontecem quando tem que acontecer, não pode fugir de nenhuma realidade deve encarar com fé e perseverança sem nunca deixar de ter esperança.

A diferença do antes e depois da doença, foi expressiva em nossas vidas, com mudança de comportamento estendendo até mesmo as pessoas de nosso convívio social, temos um grande desejo de apoiar as pessoas, uma nova consciência de solidariedade e amor.

Fomos muito abençoados, pois alem de presenteados com a cura, aprendemos o quanto é importante a família estar unida, e o apoio do marido se casada.

Durante a fase de tratamento, a mulher ao contrario do homem se mostra forte às vezes autoritária, taxativa, decisiva, porem temos que compreender que isso é apenas uma forma de pedir socorro e chamar para a luta, também é uma forma de preservar o marido para que o mesmo não caia e continue lutando e acreditando no melhor.

Passamos por grandes lutas, mas confiantes, por momentos de fraqueza, mas com espírito de superação.

“O amor tem por característica o poder de expulsar a dor e curar a alma”; Ame sempre a si e ao seu próximo! Aplicando sempre esta formula em nosso cotidiano, seremos mais que vencedores!

ENVIE ESTA MATÉRIA

Comentários

Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTE ESTA MATÉRIA